Ansiedade? Aqui não!

Sabe aquela história de “você é o que você come”? Não é balela. Alimentação é algo tão importante na nossa vida que mexe com tudo, até com a ansiedade. JURO! Combinando corretamente carboidratos, proteínas e gorduras em todas as refeições, você pode ser uma pessoa menos ansiosa.

ansiedade-compulsaoO carboidrato é estratégico para baixar a ansiedade. Invista nos carboidratos com índice glicêmico (IG) baixo, como massas, pães, arroz e grãos INTEGRAIS. Os refinados (com farinha branca ou açúcar) têm IG alto e aumentam a taxa de açúcar no sangue, disparando a produção de insulina, sem contar que vão direitinho pra bunda (liberado depressa demais, esse hormônio faz o organismo estocar gordura).

Alguns vegetais, legumes e frutas tem poderes mágicos na luta contra a ansiedade. Coloque na sua dieta alimentos que estimulam o funcionamento do sistema nervoso, acabam com a irritação e espantam a tristeza, como estes:

ALFACE – Ótima para amenizar a irritação. O talo tem lactucina, substância que funciona como calmante. Além disso, é rica em folato. A falta desse elemento no organismo causa depressão, confusão mental e cansaço.

BANANA – Pode acreditar: essa fruta tão comum em terras brasileiras, diminui a ansiedade e ajuda a garantir um sono tranqüilo. Ela tem esses poderes por ser rica em carboidratos, potássio, magnésio e biotina. A banana também dá o maior pique porque possui vitamina B6, dando energia.

CARNE – Esse alimento possui niacina, uma vitamina do complexo B que, quando está em falta no organismo, causa depressão. Também é rica em ferro e cobre, que combatem a anemia e transportam o ferro. O zinco, presente em sua composição, é antioxidante: combate os radicais livres e retarda o envelhecimento. Além disso, seus aminoácidos fazem o cérebro funcionar melhor.

ESPINAFRE – A verdura contém potássio e ácido fólico, que previnem a depressão. Além disso, espinafre tem magnésio, folato e vitaminas A, C e do complexo B, que ajudam a estabilizar a pressão e garantem o bom funcionamento do sistema nervoso.

JABOTICABA – Essa frutinha contém ferro (que combate a anemia) e vitamina C (que aumenta as defesas do organismo). Suas vitaminas do complexo B agem como antidepressivos. Além disso, a jaboticaba é rica em carboidratos, que fornecem energia e, por isso, reanimam.

LARANJA – Rica em vitamina C, cálcio e vitaminas do complexo B, a laranja ajuda o sistema nervoso a trabalhar adequadamente. O cálcio presente em sua composição é relaxante muscular e combate o stress. E essa fruta ainda é energética, hidratante e previne a fadiga.

LEITE – A falta de vitamina do complexo B pode acabar com seu bom humor. Além de estarem presentes no leite, essas substancias também são encontradas nas ervilhas, sementes de girassol, batata e peixe. Leite também tem cálcio (que ajuda a relaxar os músculos) e proteínas (que estimulam o sistema nervoso).

UVA – Essa fruta tem uma boa dose de vitaminas do complexo B, que ajudam no funcionamento do sistema nervoso. A vitamina C e os flavonóides da uva são antioxidantes, que retardam o envelhecimento da pele e ajudam a combater o colesterol. Além disso, é energética.

Os VILÕES DA ANSIEDADE, que devem ser evitados a todo custo: chocolate, café e açúcar. Muitas pessoas acreditam que o chocolate traz a sensação de bem-estar, mas, na verdade, o chocolate alivia momentaneamente a sensação de nervosismo. O efeito é bem parecido com o de um droga. Depois que passa a sensação de relaxamento, a ansiedade volta mais intensa.

Escolha corretamente seus alimentos e CONTROLE-SE!

Anúncios

Soco na cara: falta de tempo?

Ontem estava numa reunião e uma pessoa citou um curso sobre produtividade. Fiquei super interessada e fui dar um google  nisso. Li um monte de coisa, vi um monte de vídeo e estou até pensando (mesmo!) em fazer um workshop. Mas, enquanto o científico não vem, quero compartilhar com vocês uma reflexão!

coelho-branco-de-alice-no-pac3ads-das-maravilhasHoje é tudo pra ontem, informação o tempo todo, celular que te conecta com o mundo, computador 24h/ dia, redes sociais, trabalho, ocupações, entregas, vida social… CARACA! Muita coisa. A gente começa o dia fazendo uma listinha de coisas para fazer/ resolver e depois de uns 37 itens já estamos desesperados, arrancando todos os cabelos. E o pior: no final do dia não fizemos nem metade do que a gente queria e a “desculpa” é sempre a mesma: NÃO TIVE TEMPO.

Tempo? Será mesmo que você não teve tempo? Ou será que o grande problema foi FALTA DE FOCO?

Vamos lá! Quantas coisas você faz ao mesmo tempo e não termina nenhuma? Quantas vezes por dia você interrompe um processo de trabalho para responder o whatsapp ou conferir o instagram? E facebook então? Quanto tempo você passa respondendo mensagens?

Alice_in_the_Wonderland_by_AlanCruzConte-me mais sobre isso!

Estou falando isso porque é exatamente o que eu faço. Começo um planejamento, aí paro pra checar um email e passo o email na frente, aí lembro que tenho que resolver uma coisa com o pessoal de mídia e quando volto pra minha mesa tem umas 67 mensagens no whatsapp. Aí quando eu menos espero, lá se foram 3 horas do meu dia e o planejamento ali, me esperando todo bonitão. Resultado final: adeus cinema, happy hour, jantarzinho  vida social, eu vou trabalhar até tarde.

Se você sabe usar muito bem as horas do seu dia, parabéns! Eu não sei e acho que muita gente não sabe. Não é falta de tempo, é simplesmente falta de foco em uma coisa. É o tal de querer abraçar o mundo com os próprios braços, resolver tudo de uma vez e pra agora e não ter prioridades. Estou fazendo errado e quero mudar, não quero mais “não ter tempo” para fazer as coisas, quero usar bem o tempo que tenho. Quero produzir MAIS no tempo CERTO.

Não tem mágica. Tem concentração + força de vontade  + planejamento e… PLIM! Você tem o tempo livre que sempre quis.

A partir de hoje vou me treinar para me livrar dos meus pesos inúteis no dia a dia, de tudo aquilo que rouba a minha atenção e “só uns minutinhos”. E para quem está no mesmo barco, o chrome tem uma extensão muito legal (indicação de uma colega de trabalho!), o POMODORO. Você programa quanto tempo vai trabalhar, tipo 30 minutos sem parar, e quanto tempo vai tirar para descansar, 5 minutos. Aí, durante esses 30 minutos o chrome fica bloqueado para abrir qualquer coisa que roube sua atenção: facebook, pinterest, sites de humor, ou qualquer outra coisa que te atrapalha (dá pra personalizar o tempo e a lista). Gostou? Clica aqui pra instalar então.

Se você quer conquistar algo que nunca teve, vai ter que começar a fazer coisas que nunca fez“. É isso. Desabafei.

O dia que eu quis casar com 2!

Não, não sou a favor da poligamia nem nada do tipo. É que sempre que eu amo muito uma coisa, tenho a mania de falar: “quero casar com ele (com ela, com isso, com a banda, com a música, etc)”. E quando me contaram do COZINHA PARA 2 e vi os vídeos: MEU DEUS DO CÉU! É o casal mais tchuco do mundo e os vídeos de receita mais maravilhosos. To apaixonada e quero fazer tudo (já vi que vou passar o fim de semana na cozinha).

1004581_582877921757308_51790761_n

O projeto fofo é da Carol Thomé e Duca Mendes, que moram em São Paulo, e resolveram, como brincadeira, compartilhar as receitas super simples que faziam em casa. Super simples e DELICIOSAS! E além de cozinharem, eles que gravam os vídeos (curtinhos), editam e mostram como fazer os pratos incríveis para comer com o namorado/marido/ficante.

E tem receita de váááárias coisas: macarrão indie, rolinho de lasanha, cupcakes, cheesecake, queijadinha, strogonoff… E sério, até se vc nunca tiver fritado um ovo na vida, é capaz de fazer! Nem fogão eles usam!

Olha só uma das receitas:


Ingredientes:

  • Pão de forma
  • Queijo prato
  • Queijo parmesão ralado
  • Presunto Parma
  • Creme de leite fresco
  • Pimenta (opcional)

Preparo:

1. Coloque uma fatia de pão de forma em um potinho que possa ser levado ao forno e molhe o pão com creme de leite fresco. 2. Coloque o queijo, o presunto e pimenta a gosto. 3. Coloque a outra fatia do pão de forma e adicione mais creme de leite fresco. 4. Adicione parmesão ralado e leve ao forno pré aquecido por 15 minutos a 220ºC ou até gratinar.

Amou? Então se inscreve logo no canal do youtube deles!

Pra ouvir: Rosie and Me

Odeio descobrir uma banda legal quando já acabou e odeio mais ainda descobrir uma banda BRASILEIRA que já acabou. Enfim, vou superar, prometo, mas o fato é: a banda é boa e não existe mais; só que não deixa de ser uma alternativa para um som maneiro no meio da tarde. E, com vocês: Rosie And Me.

Rosie-and-MeConheci a banda de Curitiba por um amigo, num dia que eu tava bem tristinha-sozinha-querendo-um-colo-pra-chorar. Ele me mandou uma música e foi tipo instantâneo: dei o play e desabei. Aí meio que virou minha música para os momentos que quero só ficar ali, abraçadinha com o travesseiro pensando na vida.

Ouvi essa música por uns 3 dias seguidos, no repeat, e entrava num mundo muito particular, onde tudo ficava bem, sabe?! Essa música pra mim é muito conforto e me fez ficar apaixonada pela voz da Rosanne. COMO EU NÃO CONHECI ROSIE AND ME ANTES? É um folk delicinha, daqui, simples, cativante e cheio de músicas incríveis. Só pra vc ter ideia de como eles são bons:  a faixa “Darkest Horse” foi escolhida para a trilha sonora da “Season Finale” do seriado One Tree Hill. Satisfeito? Então dá o play aí ó:


Podiam voltar, né?! :(

Fiquei ruiva!

Sumi um pouquinho (assalto + trabalho triplicado) e reapareço ruiva! Assim, simples! Hahahaha! Pois é. Quem me conhece sabe que sempre morri de vontade de ficar ruiva. Minha família é quase toda loira e ruiva e eu lá, castanha no meio da galera. Não que eu não gostasse, amava a cor do meu cabelo, mas queria muito mudar e testar a Gabi versão ruiva.

934914_368924636546094_2027915399_nEsqueci de fazer foto do antes, mas olha aí a Gabi morena.

Aí, fui para Campo Belo esse final de semana, aproveitei o horário que eu tinha no salão para cortar e radicalizei. Cortei uns 10 centímetros no comprimento (tava precisando) e joguei um cobre avermelhado. Aliás, o Matheus, né?! Eu não fiz nada. O resultado:

1186126_10151785686449183_2032154476_nE aí, como vcs preferem?

5 músicas que vão grudar na sua cabeça

E vão mesmo! Porque na minha, já grudaram faz tempo! Também né, só dá essas 5 nas baladas. Então ó, deixa o desânimo pra lá, dá o play aí e seja feliz :)

Gostoso e é light!

Quem tá de dieta ou busca uma alimentação saudável já CANSOU de ouvir falar sobre o ovo e seus benefícios. Também, coitado, passou décadas com fama de bandido e, agora que foi absolvido, tem mesmo que se mostrar. Mas você sabe por que ele ajuda tanto? Quando você inclui ovo com frequência no cardápio:

  • Demora mais para voltar a ter fome
  • Não perde massa magra (só gordura!)
  • Estica a juventude e alimenta a memória

design-ovo-12O ovo é fonte de proteína completa, ou seja, tem todos os aminoácidos essenciais – uma estrutura complexa, que exige uma digestão lenta. Daí seu poder de saciar mais rápido e evitar que a fome volte logo”, conta a nutricionista Viviane Voght, da Clínica Equilíbrio Alimentar, em Monte Negro (RS).

Eu não como ovo cozido e muito menos batido nos sucos. a solução que encontrei foi fazer um delicioso omelete. Faço só com as claras e sem nada de óleo, uso uma panela antiaderente e funciona, mas quem achar que precisa, use um fiozinho de óleo de côco, mais saudável.  E o melhor, é uma opção de  comidinha prática e rápida para o dia a dia.

OMELETE DELICIOSO COM CHAMPIGNON

Ingredientes

• ¼ de maço de espinafre
• 4 ovos, só as claras (dá pra comprar as claras separas em alguns supermercados)
• sal a gosto (quanto menos melhor)
• ¼ de cebola picada
• ¼ de cenoura em cubos
• salsa picada a gosto
• ¼ de xíc. (chá) de champignon fresco fatiado em lâminas

Modo de preparo

Refogue o espinafre por 5 minutos com um pouco de água. Escorra bem e bata no liquidificador com as claras e o sal. Espalhe a mistura em uma frigideira antiaderente e doure dos dois lados. Enrole a omelete e reserve. Refogue a cebola rapidamente no óleo de côco, junte a cenoura, a salsa, o champignon e o sal. Sirva com a omelete.

Amar até a morte

Tirei esse texto de uma fanpage que eu adoro: Eu me chamo Antônio! É do Antônio, mas poderia ser da Gabi. 

971896_548826638514926_416666227_n“Eu já vi o mundo desabar tantas vezes que, às vezes, parece que o mundo foi feito mesmo para gente se desfazer. Ainda não havia aquela vontade vital de ser imortal porque a morte naquele momento parecia um confronto distante entre o que eu sinto agora – nesse instante – e o que você sente quando quer reviver o que já fomos antes.

(sem ressentimentos)

Mas o amor também morre, meu amor; e a morte também ama, minha morte. E é no elo desse duelo desesperado que a gente decide se quer continuar fraco no amor ou se entregar forte até a morte.

Tanto faz!
Amar ou morrer é um pouco igual. É poder ser sincero e aceitar que nunca seremos para sempre.

Tanto jaz!
Morrer ou amar tem um quê de banal. É querer ser inteiro e se despedaçar meio a meio como nunca.

Eu sei, é difícil, nunca foi fácil discernir o que é de verdade do que é de sentir…

É que eu já vi a morte desabar tantas vezes que, às vezes, amar não me parece tão ruim assim. É que eu já vi o amor desabar tantas vezes que, às vezes, morrer não me padece tão ruim assim.

Acredito ter visto, no meio de tantos escombros, meus ombros, seus olhos, meus poemas, suas coxas, meus problemas, seus cílios, nossos filhos (que filhos?), nossas contas, nossos contos e os ossos, teimosos!, das nossas alegrias. Ouça: a dobra do seu sorriso ainda me ri: “desdobre-se, meu amor, desdobre-se na morte para me reconstruir longe daqui, perto de ti, em mim”.

A estampa do momento!

Dia desses fiz um post sobre metalizados e contei de uma mostra sobre tendências de cores e texturas para as próximas estações que participei, lembra? Pois é, esse é mais um post pra contar pra vocês o que ouvi. Se liga: azulejo português, vamos amar!
azulouAs estampas de azulejo português, que remetem à arquitetura colonial portuguesa é uma das tendências mais fortes para a primavera-verão e não será só nas roupas: decoração, louças e porcelanas estão no meio do vuco vuco também. Já vejo louças com essas estampas há algum tempinho, mas na moda a coisa pegou depois de um desfile de Just Cavalli (verão 13/14). Depois disso, várias marcas no Brasil e no mundo resolveram investir e apresentar coleções azulonas pra gente. E eu achei LINDO!

estampa-porcelana-chinesa-azulejo-portugues

1368121015Look inteiro ou apenas uma peça, vale tudo! Como o azul (e seus vááários tons) e branco não cansam, não ficam pesado em um look totalmente estampado, como conjuntos e macacões. Pra quem acha too much, combinar a padronagem com uma peça lisa ou um jeans É uma ótima saída!

1368121016E pra quem acha que só vale combinar a estampa com tons neutros e clarinhos, se enganou bonito. Os tons neutros e claros são mais “fáceis” e criam looks mais discretos, mas vale ousar com peças lisas coloridas, tipo pink, vermelho ou laranja. Vale aqui um bom senso para a padronagem da estampa da sua peça, né?! Dá pra ver aí que tem desde tecidos mega master estampados aos mais posso-usar-com-um-tricô-pink-maravilhoso.

Euzinha aqui já aderi à estampa. E agora vou desabafar com vocês (hahaha!). Comprei uma calça estampada e quebrei um grande paradigma na minha vida.

image_4

image_5É que pra mim a calça sempre foi discreta, lisa e escura (com raríssimas exceções). Uma, porque acho meu quadril muito largo e minha perna muito grossa, e como as estampas aumentam o volume da região, sempre corri! Acabava sempre com a calça mais básica e a parte de cima diferentona. Outra, porque é aquela coisa de estampa, né?! A gente usa menos, temos menos opções de combinações e tal.

image_2Mas aí eu resolvi assim (e olha a dica!): resolvi ignorar o complexo da perna grossa depois que experimentei essa calça, me senti bem, achei que ficou legal e resolvi comprar. Ou seja, experimente! Se você se achou gata, ahaze! E a solução para o “poxa, mas eu vou usar essa calça 3 vezes” foi: ué, se eu compro a blusa porque não a calça? Hahaha! E outra, comprei a minha na Hering, foi super baratinha e eu fiquei feliz da vida. É uma regra que uso para roupas tá-na-moda-hoje-e-amanhã-ninguém-mais-fala: aposto nas fast fashions! Adoro uma boa calça jeans, um blazer coringa com um corte legal e acho que peças assim valem muito o investimento. Mas quando é modinha e vou usar pouco, não invisto muito para não morrer de arrependimento depois.

image

image_1O lúki basiquete foi pra passear no Parque do Ibirapuera (um dos meus lugares favoritos em SP!) e aproveitar o sol que resolveu dar as caras na cidade. A calça é da Hering, camisa jeans NEO, cinto Loft Style e slipper Oliveira. Como azul é a cor do momento, quis fazer uma produção toda azulona.

image_3A felicidade da pessoa em dias de sol!

Fotos: Renata Britto

 

Desapegue!

Quantas vezes você quis avançar e algo te prendia? Quantas vezes você quis uma blusa nova e não tinha mais espaço no guarda-roupa? Quantas vezes você quis um amor novo, pra curar um coração partido, e o velho estava ali, tomando conta do espaço todo e causando tanta dor?

Pratique-o-DesapegoTão importante quanto querer o novo é largar o velho. Aliás, eu acho que largar o velho é até mais importante que querer o novo. Porque só de deixar pra lá aquela foto, aquela mágoa e aquela calça que não te serve mais, você cria oportunidades para que novidades apareçam. E vai que uma te surpreende. E vai que uma te encanta. E vai que você resolve chamar de “meu”?

Desapegar das coisas que atrapalham/ atrasam nossa vida é uma das atitudes mais positivas que podemos ter. Mas não é fácil, eu sei. A gente meio que se acostuma com as coisas como estão, preferimos deixar tudo do mesmo jeitinho a correr o risco de desarrumar a casa, a cabeça ou o coração. E vamos empurrando com a barriga, pensando “ah,vou emagrecer e um dia essa calça me serve de novo” ou “não vou tirar as fotos dele do porta-retrato, vai que a gente volta…“.
Desapegue! Mude a playlist do iPod, mude o caminho, mude de sonhos se os que você tem não estão dando certo. Invista no que realmente te faz feliz e está sempre ao seu lado.
tumblr_mfibeafybr1rk4gbho1_500
E olha que legal! Para dar uma forcinha no desapego, esse sábado tem uma ação muito legal acontecendo em BH. Você leva o seu desapego e ganha um brigadeiro. Tchuco, né?!  Quem quiser mais informações, pode ver lá na fanpage Brigadeiro por Desapego.
Deixa pra lá o que só atrapalha! Vai lá adoçar a sua vida!

Navegação de Posts

%d blogueiros gostam disto: