Para ler: Sobre o medo

Moço, deixa eu fazer uma coisa?
Deixa eu subir no seu ombro, pra poder enxergar um pouco mais longe. Quero ver se daí de cima as coisas são mais legais do que daqui de baixo. E quero alcançar aquela nuvem. Aquela ali.
Moço, mas você me segura? Quero subir mais alto, mas tenho medo de cair. Tenho medo de não conseguir… E se eu tropeçar? A gente podia chegar mais pra lá. Ali ó: onde tem aquela grama. Porque se acontecer alguma coisa, tem a grama macia embaixo, né?! Mas moço, não deixa nada acontecer, por favor! Não quero me machucar. E vamos rápido, antes que escureça, não gosto do escuro.
Moço, segura a minha mão com força, as duas. Assim. Eu quero ver além. Sabe aquela árvore, aquela lá longe?! Quero ver depois dela, você me ajuda?
(…)
Não moço, não adianta. Quero muito enxergar mais longe e poder saber das coisas que estão distantes, mas eu tenho muito medo. Eu sei que você vai me segurar… É, eu sei. Mas não tenho mais medo de subir. Tenho medo do que vou ver! E se não for como eu imagino? Tenho medo de ver que não é nada daquilo que eu espero.
Também não sei se quero coragem pra encarar. Aqui embaixo tá bom, sabe.

estrada_humaita_051105_1_pbÉ. Moço, acho que não quero ver mais nada!

Anúncios

Navegação de Post Único

Uma opinião sobre “Para ler: Sobre o medo

  1. Lari Rosa em disse:

    Amei!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: