Última moda no verão: barriga chapada

Papai do Céu, me abençoe com uma barriga chapada!

Papai do Céu, me abençoe com uma barriga chapada!

Papai do Céu, me abençoe com uma barriga chapada!

É, não adianta força do pensamento (Quem deeeera)! Para conquistar aquela barriguinha tchutchuca, a gente tem que se esforçar. E MUITO! E aí, preparados para uma mega sessão de abdominais?

Como potencializar o treino tradicional de abdominal?

Uma das melhores maneiras de turbinar o treino de abdominais é realizá-lo com sobrecarga. Caneleiras de 1 a 2 quilos são ótimas opções. Além disso, uma bola de pilates, pequena ou média, também pode ser usada para potencializar o seu treino: segure entre os pés, eleve as pernas a um ângulo de 45 graus e mantenha a posição por 30 segundos. Repita o exercício 3 vezes.

O que é melhor, fazer abdominal antes ou depois da caminhada?

O ideal é iniciar com o exercício localizado e depois partir para os aeróbicos. Quando você começa a se exercitar, o organismo utiliza como combustível o glicogênio, uma substância que é armazenada nos músculos. Ao terminar os abdominais e começar a caminhada, o estoque de glicogênio já estará baixo e o seu corpo precisará recorrer a uma outra fonte de energia, a gordura. Como o aeróbico exige mais energia e o organismo já vai começar a atividade queimando gordura, você vai emagrecer mais rápido do que se fizesse o contrário.

Qual é o melhor exercício para acabar com a barriga abaixo do umbigo?

Deitado, de barriga para cima, posicione as duas mãos embaixo do quadril, servindo como apoio ao corpo. Estique as duas pernas para cima, formando um ângulo de 90 graus. Mantenha a posição por 30 segundos ou faça 20 repetições. Faça de 3 a 6 séries de 20 repetições ou incremente o treino realizando 3 séries de 20 repetições.

Quais os melhores alimentos para ficar com a barriga chapada?

Escolha carboidratos integrais, carnes magras e alimentos como ovo, ricota e cottage. Uma dieta rica nesses nutrientes colabora para queimar a gordura abdominal. As proteínas precisam de cerca de 20% das calorias da refeição para serem digeridas, enquanto as gorduras e os carboidratos, só 3%.

Papai do Céu, me dê forças para fazer MUITOS abdominais! Amém!

 

Anúncios

Navegação de Post Único

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: